Entrevista APCAB e casamento homossexual

A Associação Vidas Alternativas, através da sua rádio,  numa conversa sobre a APCAB, Festa de Oxum e o casamento homossexual visto através da lente afro-brasileira. Podem ouvi-la aqui: http://va.vidasalternativas.eu/?p=1709

Anúncios

Educação e Diálogo Intercultural

Na promoção do diálogo intercultural – necessidade das sociedades modernas, verdadeiros potes de identidades e etnias – a educação assume e tem de assumir particular relevo. Somente através da educação se poderá formar cidadãos pluriconscientes, capazes de enfrentar novos desafios, de reconstruir pontes, descontruir preconceitos, encontrar caminhos alternativos no contacto entre culturas, credos e raças, colocando-as em iguais patamares de diálogo. A formação cívica, as áreas de projecto e demais espaços de reflexão e trabalho de composição, são oportunidades diárias de combate aos estereótipos, aos lugares-comuns, aos racismos, xenofobias e atitudes de prepotência religiosa. O caminho está traçado, as directrizes estão definidas, falta a vontade e a coragem de lançar os dados. É agora!

Orgulho e Preconceito nas Religiões Tradicionais

As religiões tradicionais permanecem vítimas da sua própria antiguidade e tradicionalismo. A sua herança pré-histórica condiciona a própria sobrevivência cultural, sobrecarregadas pela luta pela preservação da sua própria identidade ao mesmo tempo que dialogam em silêncio com as religiões modernas que vão cativando os seus tradicionais fiéis, muito mais pela novidade da mensagem e pelas possibilidades de mobilidade social do que pela real crença na valorização da sua essência. Paralelamente, as religiões tradicionais cativam novos adeptos, pela sua ligação ao tradicional, ao original, à terra-mãe, à natureza, ao primitivo, ao divino pagão e original. Desse modo, os novos fiéis – que transitaram das religiões modernas para as primitivas – funcionam como fonte de renovação do orgulho pelo tradicional. São crentes novos mas conscientes, que optaram racionalmente pela adopção de um novo código religioso muito mais purista nas suas práticas e menos moralista na sua mensagem. Optaram por códigos de interpretação do real e por métodos de saudação do divino ligados à natureza originadora.Deste modo, o orgulho e o preconceito nas religiões tradicionais andam lado a lado, como duas margens de um mesmo rio.

CPLP promove encontro sobre Agenda Cultural

A Associação Portuguesa de Cultura Afro-Brasileira fez hoje parte da mesa de reflexão e debate sobre a construção da Agenda Cultural da CPLP, encontro dirigido pelo Secretário-Executivo Domingos Simões Pereira e pelo Assessor Cultural da CPLP, Lanier de Morais. A APCAB defendeu a formação de uma Assembleia Geral de Instituições Culturais enquanto órgão consultivo da CPLP, bem como a formação de um Pavilhão Cultural celebrando as diferentes culturas do espaço lusófono, no Dia da Cultura na CPLP.