Suzanne Wenger, a morte de uma mulher excepcional

Standard

Aos 94 anos Suzanne Wenger, Adunni Olorisa, juntou-se ao plano do sagrado no orún. Nascida na Áustria, Suzanne Wenger, encontrou-se com a sua identidade em Osogbo (Oxogbô) na Nigéria, onde durante sessenta anos foi uma promotora da identidade, da cultura, da religião e da arte Yorùbá, tendo sido ainda uma impulsionadora da preservação da floresta e das grutas sagradas em Osogbo. Suzanne Wenger era sacerdotisa do Orisa Òsun (Oxum).

Anúncios

3 thoughts on “Suzanne Wenger, a morte de uma mulher excepcional

  1. Isa

    Um dia teremos grandes conversas, em um lugar onde simplesmente existe….ficarei feliz por este encontro… que ela saiba disto onde quer que se encontre….

  2. Fui hóspede de Suzanne Wenger, ela me recebeu em sua casa em Oxogbo no final de 1989, me presenteou na ocasião com um pano da costa e uma pulseira de bronze de seu ateliê. Sua casa era um verdadeiro museu com cadeiras de bronze, sentei em uma delas, a frieza do metal trazia um agradável conforto, devido ao calor que fazia. Um fato curioso aconteceu no dia em que á cheguei, ela criava cabras que circulavam pelo jardim e pelo páteo interno da casa, uma delas pariu diante de mim três cabritinhos lindos, amarelos! Fato que a encantou como sinal de bom preságio e dádiva de Oxum! Ela me apresentou seu filho, Xangó, pintor que estudou em Paris e esteve em São Paulo! Seu acolhimento me abriu as portas para Oxum, logo que cheguei à Nigéria Oxum mandou que a visitasse antes que qualquer Orixá! Minha ligação ancestral com ela era evidente!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s